Gatilhos mentais: Escassez e urgência

Gatilhos mentais: Escassez e urgênciaMuita gente já ouviu falar sobre os gatilhos mentais, mas poucos sabem de verdade o que eles são e qual sua função no mundo dos negócios e no marketing digital.

Os gatilhos mentais são como uma ferramenta psicológica que pode nos convencer a tomar decisões de forma rápida. Essa influência muitas vezes é sutil, e a pessoa nem percebe que está sendo influenciada a tomar tal decisão.

Por isso é muito interessante e importante estudar alguns dos principais gatilhos mentais. Todos já foram influenciados por eles alguma vez. Aprender a usá-los é uma arma poderosa para qualquer negócio. Acompanhe a série de postagens sobre gatilhos mentais para aprender um pouco sobre eles. Confira os primeiros da série:

Gatilho Mental da Escassez

O primeiro gatilho mental que vamos conhecer é o gatilho mental da escassez. Este gatilho tem o objetivo de fazer a pessoa decidir comprar rapidamente, pois determinado produto ou serviço é escasso. Como ninguém gosta do sentimento de perder alguma coisa, o gatilho da escassez dá a sensação de perda, de não poder escolher e adquirir o produto futuramente.

O gatilho da escassez também pode acelerar o processo de compra do cliente. Se ele estiver em dúvida, por exemplo, ao perceber que há poucas unidades do produto almejado, ou que o prazo é limitado, o cliente pode finalmente decidir comprar para não perder a oportunidade.

Para conseguir aplicar o gatilho mental da escassez, é essencial não mentir e usá-lo da forma certa. Se a escassez anunciada não é verdadeira, o resultado pode ser oposto ao esperado, e não trazer nenhuma conversão. Confira algumas dicas sobre como usá-lo da forma certa para o seu negócio lucrar:

Dicas de como aplicar o gatilho mental da escassez no seu negócio:

“Vagas limitadas!”

Uma das frases mais usadas, dá a sensação de que são poucas oportunidades e que logo irão acabar. A ideia é de que a oportunidade ou vaga é para poucos e que depois de esgotadas você não terá a chance de conseguir.

Isso tem o poder de influenciar o cliente a comprar, se inscrever, participar daquela oportunidade “única e para poucos”. Ser parte desse público único e seleto pode tirar o cliente da procrastinação e fazê-lo agir.

“Poucas unidades restantes”

O sentido da frase citada acima é o mesmo do exemplo anterior: agilizar e fazer com que o cliente compre. Neste caso, essa decisão vem porque restam apenas poucas unidades de determinado produto. É um excelente gatilho para lojas e-commerce, pois a quantidade de produtos exibida no anúncio pode despertar o sentimento de urgência para fazer determinada compra, já que o produto é escasso.

E falando em urgência, eis o nosso próximo gatilho mental:

Gatilho Mental da Urgência

O gatilho mental da urgência está bem próximo ao da escassez. A diferença é que ele está ligado ao fator tempo, e não necessariamente à quantidade do produto. O ponto é até quando ele poderá ser adquirido.

O objetivo do gatilho urgência é fazer com que a pessoa compre, e compre logo, pois seu tempo está se esgotando. A impossibilidade de escolha pode ser determinante para o cliente tomar a decisão de  comprar. Essa sensação de urgência tira o cliente da procrastinação e o faz agir.

Um exemplo clássico é o relógio com contagem regressiva de até quando a promoção estará disponível. Essa contagem aumenta ainda mais a sensação de que o tempo está chegando ao fim, e a compra precisa ser feita o mais rápido possível.

Lembre-se de nunca tentar enganar seu cliente. Só use o gatilho se a oferta, desconto, produto, oportunidade está realmente com o tempo acabando. Se esse não for o caso, existem outros gatilhos mentais que podem ser usados para aumentar suas conversões. E sempre que possível, explique o motivo do tempo ser limitado.

Dicas de como aplicar o gatilho mental da urgência no seu negócio:

“Só até amanhã!”

Quem nunca ouviu esse tipo de anúncio, não é? A ideia de tempo se esgotando agiliza ainda mais a tomada de decisão. O poder desse tipo de frase está relacionado ao pouco tempo restante. Não é semana que vem, é só até amanhã! Isso faz o cliente agir, se programar, sair de casa ou entrar no site para comprar agora.

“Agora ou nunca”

Novamente a ideia de tempo se esgotando e que a escolha deve ser tomada agora. A palavra “agora” e “nunca” são palavras muito fortes. Ou você compra neste exato momento, ou nunca mais terá essa oportunidade de novo. Se usadas da forma certa, em campanhas e promoções objetivas, essas palavras e expressões podem aumentar as conversões consideravelmente.

Se você gostou de conhecer um pouco sobre gatilhos mentais e como eles podem te ajudar a vender mais, continue acompanhando a nossa série. Até mais!