SnapchatXInstaStories

Compartilhe este conteúdo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Você é Snapchat ou InstaStories? Parece que virou uma batalha, vamos entender essa história.
O Snapchat, por mais de anos, foi o queridinho e inovador das redes sociais. Na época de seu lançamento só se falava disso e aderiu mais de 150 milhões de usuários por todo mundo.
Considerado um aplicativo criativo e inovador, o Snapchat deixou um dos homens mais ricos do mundo, curioso. Mark Zuckerberg (aquele dono do Facebook, Instagram e Whatsapp) viu um potencial de crescimento no aplicativo e ofereceu 3 bilhões de dólares aos criadores do Snapchat, que recusaram a proposta.
Evan Spiegel e Bobby Murphy acreditaram que o aplicativo poderia evoluir e valer ainda mais.
Segundo uma entrevista dada à Revista Exame, em 2014, Spiegel disse que a compra do Snapchat pelo Facebook poderia causar confusão nesse mundo das redes sociais e que o aplicativo tinha pouco tempo de existência e ele acreditava em um grande crescimento do Snapchat.
Na época, muitas pessoas sondaram as possíveis negociações entre Snapchat e Facebook e disseram que Zuckerberg não ficou satisfeito com a resposta negativa que ouviu de Spiegel e Murphy. E aí começa a disputa na qual me referi no título do texto.
O Snapchat vinha se tornando um aplicativo muito usado e isso não estava agradando o dono do Facebook. Eis que, em agosto de 2016, o Instagram disponibiliza uma atualização em que novos recursos são possíveis, diga- se de passagem, que os recursos são os mesmo do Snapchat.
Essa situação dividiu opiniões em todo mundo. Alguns, contra a “cópia” do Snapchat feita por Zuckerberg e outros a favor da nova versão do Instagram.
Essa atualização permite que os usuários que possuem conta no Instagram possam fazer vídeos de 10 segundos que ficam 24h no ar para seus seguidores. Em 6 meses de uso, o conhecido InstaStories, já aderiu a mesma quantidade de usuários que o Snapchat tem. Mais de 150 milhões de pessoas já são adeptas do, popularmente chamado, SnapGram (uma junção dos nomes Snapchat e Instagram).
Pelo visto, Spiegel e Murphy não sabiam que Zuckerberg iria virar o jogo e fazer com que o Snapchat caísse em declínio. No site TechCrunch, há um post em que apresenta uma pesquisa mostrando uma queda de 40% no Snapchat após a criação do InstaStories. Diversas celebridades que usavam muito o Snapchat também estão aderindo ao InstaStories e deixando o antigo aplicativo de lado.
Segundo o Google Trends, em uma pesquisa que eu mesmo fiz, há uma queda considerável na busca pela palavra Snapchat nos últimos 12 meses. Dê uma olhada:
Google Trends- Snapchat
Desde o início de agosto (quando o InstaStories foi lançado), o Snapchat teve uma queda por sua busca. Essa imagem foi somente uma ilustração para mostrar que, talvez, o aplicativo pode estar caindo em decadência e perdendo seu espaço pelo InstaStories.
E Zuckerberg não pára por aí, recentemente, dia 20 de Fevereiro de 2017, o Whatsapp permitiu que os seus usuários fizessem uma atualização, possibilitando as postagens de fotos e vídeos que desaparecem em 24 horas. 
Esses recursos foram explorados, primeiramente, pelo Snapchat e, por isso, tantas pessoas são contra essa “cópia”. Há argumentos que afirmam que isso pode atrapalhar na funcionalidade real do Whatsapp e que pode alterar o carregamento do aplicativo.
Além do Whatsapp há alguns assuntos que estão surgindo, é que o Facebook também está começando a aderir aos mesmos serviços. O que parece ser real, pois já é possível fazer vídeos ao vivo dentro do aplicativo. Por que não acrescentar mais mudanças à rede social mais usada no mundo?
Como já foi falado, Mark Zuckerberg é um investidor e possui muitas habilidades quando o assunto é internet e redes sociais. Mas muitas pessoas estão criticando essas mudanças, pois acreditam que carregar muito os aplicativos prejudica o funcionamento dos mesmos.
Para que lado você torce nessa batalha: Snapchat ou InstaStories? Nos resta esperar e analisar os pontos positivos e negativos das atualizações. Deixe aqui sua crítica ou comentário sobre essas mudanças e vamos debater um pouco sobre o futuro das redes sociais.
Falando nisso, nos siga em nossas páginas e fique por dentro dos conteúdos postados!
Facebook: www.facebook.com/NautilosMarketingDigital
Twitter: @nautilosmkt
Instagram: @nautilosmktdigital
Até o próximo post!

Se inscreva na nossa Newsletter

Fique por dentro de assuntos relacionados a Marca, Comunicação e Vendas

Navegue por outros temas e saiba mais

Veja agora outros posts que podem lhe interessar

Como escolher um produto para e-commerce
E-commerce

Como escolher um produto para vender online

Para muitos que estão planejando iniciar um negócio online e mais especificamente um e-commerce, o aspecto mais difícil de começar é por decidir quais produtos

Quer impulsionar a sua marca?

Fale Conosco