Terminar o preço em 7 realmente importa?

Terminar o preço em 7 realmente importa?

Compartilhe este conteúdo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Parafraseando a Gabriela Prioli – mais fatos menos imaginação. Antes de tudo quero deixar claro que estou aberto a novas informações desde que sejam comprovadas, então se alguém quiser me corrigir, esteja a vontade.

Em praticamente todos os comércios físicos ou digitais do mundo se praticam a exibição de preço com o 9. Sim, o consumidor tende a preferir R$39,90 a R$40,00. Muito disso se deve a ancoragem, uma técnica bem conhecida para a psicologia econômica. Trata-se de enganar o cérebro com ponto de comparação elevado para que outro ponto pareça logicamente mais interessante.

O livro Preço – O Mito do Valor Justo e Como Tirar Vantagem Disso, do jornalista e escritor americano William Poundstone, apresenta pesquisas e estudos diferentes sobre o uso do 9. Ele afirma que, em média, segundo suas pesquisas, o uso do 9 aumenta a chance de venda em 24%. Considerando a prática e as informações, sugiro levar em consideração o poder do 9 quando for definir seus preços de venda.

Mas e o 7, tem poder?

Num mundo onde a potencialização do “todo mundo sabe disso” vira verdade, faz com que a magia do 7 vá se disseminando. A maioria dos comerciantes tratam essa decisão do preço como aquele ditado espanhol “eu não acredito em bruxas, mas que elas existem, elas existem”. Isto é: na dúvida põe aí o 7 no final do preço e vamos ver o que acontece.

Falando mais do meu segmento, vendas pela internet, as pessoas acabam considerando os preços com final 7 como uma reação reflexa. Ninguém realmente sabe o porquê – exceto que todo mundo está fazendo.

 

É bem engraçado, na verdade. 🙂 Eu mesmo já recomendei isso.

 

Até outro dia, quando um cliente meu tomou essa decisão, deixou claro que sabia que não tinha comprovação, mas que tudo bem, vamos nessa, disse ele. Aí acendeu minha luz de alerta e fui pesquisar. Não consegui encontrar nenhum resultado real, que confirme estatisticamente, que terminar em “7” faz diferença. 

 

Pode ser que exista alguma afinidade com o 7 por ser místico e para muitos um número de sorte.

 

Mas falando sério, tenho a impressão de que é mais uma jogada de marketing. Se o número 7 tivesse algum fator mágico, você veria as lojas usando-o constantemente. Mas  não, pelo menos eu, não encontrei. Dá uma olhada

Pesquisas feitas no Google em 01 de agosto de 2020 nas lojas online Magazine Luiza e Lojas Americanas.

 

A mentalidade de rebanho

Os profissionais de marketing, não terão piedade! Se for necessário manter os preços com final 7 para atender a esse comportamento, então será feito.

Mas, isso não quer dizer que você deva se dobrar a essa postura, principalmente se você conhece seu público. Na dúvida recomendo que faça uma análise de produtos semelhantes em grande lojas como Amazon e Magalu e Americanas. Tenha certeza de que eles realizam diversos testes para garantir a melhor performance na venda de seus produtos.

Sobre a conversão

Lembre-se que no seu negócio você deve ter o domínio sobre todos os dados do seu e-commerce, então tome a frente e faça seus próprios testes para ver o que melhor performa. 

Conclusão

No final das contas evite tomar decisões em qualquer instância considerando o efeito rebanho. Para o seu e-commerce, acostume-se a analisar seus dados no Google Analytics e pesquisar informações que façam sentido. Faça suas críticas,  promova testes e siga monitorando.

Não tem nada de errado em terminar os seus preços com 7, mas saiba que ainda não existem pesquisas que comprovam, (como eu disse, não encontrei) portanto, é apenas todo mundo se repetindo, seguindo, fazendo sem saber o porquê, nada mais.

Abraços e até a próxima!

Se inscreva na nossa Newsletter

Fique por dentro de assuntos relacionados a Marca, Comunicação e Vendas

Veja agora outros posts que podem lhe interessar

Você está preparado para negócios digitais?
Branding

Você está preparado para negócios digitais?

Negócios digitais, você está preparado? Desde que começamos a escrever esta newsletter, eu e o Paulo, tivemos como objetivo traçar um paralelo entre negócios e

Como fazer o preço do meu curso online?
Gestão e Estratégia

Como fazer o preço do meu curso online?

Na semana passada um cliente me procurou para saber como formar o preço dos curso online que está planejando publicar em Setembro. Tivemos duas reuniões

Navegue por outros temas e saiba mais

Somos Parceiros Estratégicos de nossos Clientes

O que podemos fazer por você?

Anunciar no Google Ads

Auditoria e Consultoria e Planejamento.

Criação de sites

Tenha um site otimizado e personalizado com WordPress.

Curso Online E-commerce

E-commerce profissional em vídeo aulas.

Quer impulsionar a sua marca?

Fale Conosco