Planejamento de marketing de conteúdo: 5 dicas para criar o seu

Planejamento de marketing de conteúdo: 5 dicas para criar o seu

Compartilhe este conteúdo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O marketing de conteúdo precisa ser planejado. O que é comum são as pessoas acreditarem que qualquer conteúdo que elas colocam no site, é válido. Isso é um erro que faz com que muita gente não saia do lugar.
Quando falamos que é importante a produção de conteúdo para indexação de sites e valorização do Google, existe alguns quesitos que devem ser levados em conta. O Google é inteligente e não aceita qualquer palavra ou imagem em seu site sendo que não tenha sentido aquilo estar ali.
Hoje nós decidimos dar algumas dicas de como planejar o marketing de conteúdo da sua empresa para que você faça tudo certo e consiga ter bons resultados.
1- Objetivo: a primeira coisa a se fazer, é traçar um objetivo. Você tem que se perguntar porque irá iniciar o trabalho de marketing de conteúdo. Se é para indexação do site, captação de novos clientes, impulsionamento de uma campanha etc. O passo crucial é ter essas informações, sem elas, começar um trabalho pode ser em vão.
2- Público/ Linguagem: após decidir qual será o seu objetivo, é preciso definir um público e qual linguagem usar com esse público. Para interpretar isso, é necessário que haja uma pesquisa que tente compreender qual tipo de mídia atende melhor esse público e qual a linguagem mais adequada. Se você não sabe como definir termos, dê uma olhada em um post que nós escrevemos sobreGoogle Trends: monitorar resultados de busca do Google”, ele nos ajuda a entender melhor as buscas feitas através do Google.
3- Conteúdo: eu diria que essa parte é a mais importante para um bom marketing de conteúdo. Como o nome já submete, o conteúdo é a parte principal dessa prática de marketing. Lembrando sempre que o que é produzido tem uma intenção (aquela lá da primeira dica). Tudo que for escrito, filmado, fotografado, deve ter um sentido com o serviço que a empresa presta e deve ser de informação relevante, verdadeira e bem trabalhada.
4- Processo de avaliação: após a escolha do conteúdo, do público, de produções e experimentações é hora de ver se aquilo está dando certo. Seu objetivo está sendo cumprido? Têm conseguido atrair o que deseja? Falo desse processo pois é importante avaliar o trabalho e ver se está somente perdendo tempo com algo ou se aquilo é realmente vantajoso.
5- Relacionamento: Outro ponto importante a ser comentado é o relacionamento com o seu público. O feedback vindo dele é a melhor pesquisa de satisfação. Ouvir o seu público e dar espaço para que ele se sinta à vontade para questionar ou apontar sugestões, é uma boa maneira de avaliar seu trabalho de marketing de conteúdo.
Essas foram algumas dicas que podem ser seguidas na hora de iniciar o trabalho de marketing de conteúdo. Existem outras etapas que as pessoas consideram, mas acredito que essas sejam fundamentais para o começo.
Outro post que pode te ajudar a entender como funciona a lógica do marketing digital é esse aqui “Esperando mais de suas campanhas de marketing digital”, do Paulo Canarim.
Se você gostou do post, nos dê um feedback e sugestões do que gostariam de ler por aqui!
Até o próximo post!

Se inscreva na nossa Newsletter

Fique por dentro de assuntos relacionados a Marca, Comunicação e Vendas

Navegue por outros temas e saiba mais

Veja agora outros posts que podem lhe interessar

Como escolher um produto para e-commerce
E-commerce

Como escolher um produto para vender online

Para muitos que estão planejando iniciar um negócio online e mais especificamente um e-commerce, o aspecto mais difícil de começar é por decidir quais produtos

Quer impulsionar a sua marca?

Fale Conosco