Já ouviu falar que o futuro será privado? A frase “O futuro é privado”  foi dita pelo Mark Zuckerberg no já longínquo ano de 2019 no evento anual do Facebook. Para ele, a lógica do compartilhamento de conteúdo na internet está mudando. Não podemos negar que se tem alguém com potencial de acompanhar as mudanças no comportamento de usuários é o proprietário do Facebook, Instagram e WhatsApp. E quando falou isso, ninguém imaginava que uma pandemia estava por vir.

Hoje há um excesso de informação e de conteúdo. Tem muita gente falando o que quer, como quer para quem quiser ouvir, um excesso de tudo. Cansa estar antenado a tudo; gera ansiedade a busca insana por saber de tudo um pouco. Ninguém espera, ou não deveria esperar, ter algum conhecimento se restringindo a leitura de manchetes. Lembra do pessoal que ficava em pé na banca de jornal? Hoje ficam no twitter, no instagram, no facebook e no whatsapp. 

Desacelerar não é ser devagar

A pandemia fez todo mundo dar uma parada e perceber que era hora de desacelerar. E desacelerar não significa ser devagar, e sim prolongar o presente e viver sem pressa. Assim, foi explicado pela newsletter da Vida Simples ao convidar para uma live sobre Movimento slow: a pressa é inimiga da perfeição em parceria com a revista HSM. Aqui você tem o link para a live gravada.  Na conversa foram abordados a questão da desaceleração da sociedade, movimento anterior a pandemia, em função de um consumidor mais atento às questões sociais, ambientais e éticas. E foi citado o case da revista Vida Simples.  A revista tem como propósito transmitir informação de uma forma mais profunda e contextualizada, valorizando mais a qualidade do que a quantidade. Dando espaço a profundidade, a reflexão e a criatividade. Eu adoro a revista, #ficaadica. 

Acredito que o Zuckerberg defende que o futuro será mais privado no sentido de um conteúdo com curadoria, uma informação contextualizada, uma conversa mais direcionada na primeira pessoa.  A  internet sempre teve a característica de ter uma comunicação de 1 para n, ou seja, para muitas pessoas e com alcance cada vez maior da mensagem. Com a necessária desaceleração essa Era talvez esteja chegando ao fim. É hora de termos mais pessoalidade. 

Conteúdo privado 

Produtores de conteúdo estão se dedicando a um formato mais privado. Conectar-se de forma mais personalizada com seu público, compartilhar experiências, fazer uma curadoria direcionada e uma maneira mais segura e privada de publicar conteúdo. 

Mesmo com toda a interação que a internet possibilita você deve ter a permissão e a atenção de seu público para um conteúdo específico – num mundo acelerado e com excesso de informação – é algo extremamente relevante. Já parou para pensar que num determinado momento, o seu público dedica tempo e atenção para seu conteúdo? Esse conteúdo privado é encontrado quando o seu público quer se desligar do excesso de informação que lhe é direcionado para dar atenção a um conteúdo específico. Dois formatos tem chamado a atenção dos público: newsletter e podcast. 

E nesse sentido quero dar destaque ao formato que curto de fazer e acompanhar: a newsletter. Quanto ao formato podcast deixarei para o próximo ano quando vou  abordar o crescimento desse formato no Brasil e o uso pelo público e pelas marcas.  

Newsletter 

Assim como um site é seu, sua casa, seu porto na internet, na newsletter seus assinantes são seus e estão longe de serem afetados pelas ações instáveis dos algoritmos das redes sociais. 

Beatriz Guarezi que escreve a newsletter Bits to Brands, fez um comentário, numa palestra sobre Newsletter como ferramenta de marketing, que representa bem o que é alcançar seu público num formato de conteúdo mais privado: “a newsletter é convidar as pessoas para sua sala de estar e portanto passou a ser um ótimo lugar para se estar e alcançar seu público”. Beatriz também mencionou alguns pontos interessantes sobre o porque a newsletter voltou a ter espaço e crescimento: 

Newsletter permite que você seja mais dono da sua base. A lista é sua, e não de um Mark ou algum outro proprietário de rede social que pode afetar sua comunicação dependendo de questões políticas, econômicas ou puro mau humor mesmo. 

A Newsletter tem permissão. A sua lista é conquistada (essa é a forma correta) quando a pessoa deixa o seu e-mail na página do site. Não compre lista de e-mails. Aliás, segue bônus: não compre seguidores no perfil do instagram. 

A newsletter tem atenção. O assinante pode ler o assunto no momento confortável para ele, não precisa ler no momento que vê, não vai ser perdido no meio de outras informações. E pode ser arquivada para pesquisa posterior. 

A newsletter precisa ter consistência. É preciso cumprir com o compromisso assumido com os assinantes. O que não impede de você produtor de conteúdo tirar uns dias de férias, e perder todo o alcance conquistado, né? 

As newsletters fazem sucesso porque os leitores estão cansados da quantidade esmagadora de informação disponível na internet.  

A informação relevante é a capacidade de curadoria, isto é, falar o para quem quer ouvir.  Hoje não pretendo ser uma pessoa antenada, e sim ter a minha bolha com conteúdo diversificado que me permita ter assuntos diversos, que permitam ter vontade de buscar novos conhecimentos, mas sem o estresse do excesso informativo.  Por isso me dedico a selecionar os conteúdos que me chegam.   

 

Se puder fique em casa, cuide-se. Até a próxima. 

Compartilhe este conteúdo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Fique por dentro dos assuntos relacionados à marca, comunicação e vendas!

Se inscreva na nossa Newsletter

Veja agora outros posts que podem lhe interessar

Fluxo de caixa, fique atento aos números de 2021 - E-commerce BH
Gestão e Estratégia

Números para 2021

Dizem por aí que o número 5 representa movimento, conhecimento. Na astrologia é ligado a Mercúrio, no Tarô a carta é o Papa que representa conhecimento e uma relação entre os mundos espirituais e físicos.  2021 soma 2 + 0

Leia mais »
Qual a importância da UX para o SEO do e-commerce?
Otimização SEO

Qual a importância da UX para o SEO do e-commerce?

A melhor maneira de garantir o sucesso do seu negócio e aumento de vendas é através da análise da UX, termo usado para User Experience. Ela tem relação direta com a forma que o usuário visualiza a sua marca, assim

Leia mais »
Descansar é estratégico | Está na hora de desacelerar
Gestão e Estratégia

Está na hora de desacelerar

E chegamos na última newsletter deste inimaginável ano de 2020. Em um mundo frenético e pandêmico desacelerar é preciso. Como disse na newsletter anterior, desacelerar não significa ser devagar, e sim prolongar o presente e viver sem pressa. Imagino que

Leia mais »

Navegue por outros temas e saiba mais

Somos parceiros estratégicos de nossos Clientes

O que podemos fazer por você?

E-commerce

Consultoria de Planejamento e Curso Online.

SEO - Otimização

Auditoria SEO e SEO Local / Consultoria SEO.​

Nautilos Posicionamento Digital | Link Patrocinado BH icone

Link Patrocinado

Auditoria e Consultoria e Planejamento.​

Nautilos Posicionamento Digital | Branding icone

Branding

Posicionamento da Marca.

Nautilos Posicionamento Digital | Curso E-commerce icone

Curso de E-commerce

E-commerce profissional em vídeo aulas.​

Nautilos Posicionamento Digital | Comunicação Digital icone

Comunicação Digital

Consultoria e Planejamento.

Quer impulsionar
sua marca?

Fale Conosco!