Estratégias com Correspondência de palavra chave no AdWords

Olá, sou Paulo Canarim e hoje conversaremos sobre correspondência de palavra-chave no Google AdWords. São três os tipos de correspondência de palavra-chave: exata, frase e ampla. Durante o curso de AdWords eu sempre recomendo que as campanhas sejam feitas, antecipadamente, fora do AdWords, isto é, que se faça um rascunho em uma ferramenta de texto ou planilha. Definir as palavras-chave e sua correspondência são importantes e você precisa fazer com atenção.

Vamos iniciar pela correspondência exata. Esta definição dispara seu anúncio quando a palavra-chave exata é digitada no Google. Tomemos como exemplo a palavra-chave “aluguel de vestido”. Seu anúncio será impresso toda vez que a consulta corresponda exatamente a este conjunto de palavras específicas. Pode acontecer de algumas poucas variantes também publicarem seu anúncio. Sendo assim, sempre considere esta condição para sua lista de palavras, elas podem ser relativamente mais baratas e atraem um visitante bem qualificado. O único problema é que esta correspondência pode limitar a quantidade de tráfego para o seu site.

Vamos, agora, para a correspondência de frase. Neste caso as pessoas só veem o seu anúncio se digitarem no Google uma frase contendo sua palavra-chave antes ou depois e, normalmente, na mesma ordem. Por exemplo, novamente, se você estiver usando o exemplo de palavras-chave “aluguel de vestido”, a pesquisas que publicariam o seu anúncio seriam “aluguel de vestido de casamento” ou “aluguel de vestido para madrinha”. Note que a ordem das palavras devem se manter, não podendo alterar como no caso de “vestido de aluguel”. A correspondência de frase é ótima, pois é mais relevante do que a correspondência ampla e oferece controle sobre o que está aparecendo.

Eu costumo recomendar a correspondência ampla quando inicio uma campanha nova onde não conheço bem o comportamento das palavras-chave. Fique atento ao fato de que geralmente todas as configurações que são padrão atendem às especificações do AdWords, mas raramente atenderão às particularidades do seu negócio. Com a correspondência da palavra-chave não é diferente. Nessa configuração seu anúncio será impresso para qualquer termo da sua palavra-chave e também para as variações. Por exemplo, no caso de “aluguel de vestido”, as palavras “aluguel” e “vestido” e todas as suas variações farão com que seu anúncio seja impresso. A vantagem é que essa configuração atinge um grande número de pessoas, mas sua qualificação é sempre duvidosa, o que acaba por tornar o seu CTR baixo e isso certamente vai refletir nas conversões do seu site. Eu prefiro evitar essa configuração de palavra-chave.
Um recurso que não aparece nas opções da configuração é a ampla modificada, nesta você usa o sinal de mais (+ sem espaços) na frente de cada uma das suas palavras-chave de correspondência ampla. Cada palavra precedida do sinal + (vestido+longo) será exibida em sua forma exata como uma variação aproximada. Entre as variações estão os erros de ortografia, as formas singular/plural, diminutivos ou abreviações, bem como as variações (como “vestido” e “longo”). A correspondência ampla modificada permite alcance maior do que o da correspondência de frase oferecendo mais controle do que o da correspondência ampla. Eu considero esse o melhor tipo de correspondência, porque você consegue obter um bom retorno sobre o investimento e bom número de cliques, ao mesmo tempo.

Embora não seja uma escolha, algumas palavras disparam seu anúncio sem seu conhecimento, por isso é importante monitorar os termos da pesquisa. Neste lugar da ferramenta você identifica essas palavras e tem a chance de negativá-las. As palavras-chave negativas, impedem que os anúncios sejam exibidos quando determinados termos são pesquisados no Google. Eles podem ser usados como frase, exata e ampla. No entanto, eles não podem ser marcados para ampla modificada.

Falamos sobre todos os tipos de correspondência de palavras-chave. Se você tiver alguma dúvida, entre em contato.

Abraços e até a próxima