O que é Marketing Digital

Para responder “o que é marketing digital”, normalmente bastaria citar a definição de algum livro didático. Acreditamos que livros são bons, mas nosso objetivo no Nautilos é oferecer uma visão mais simples e objetiva. Definimos marketing digital como técnicas que permitem ao proprietário de site divulgar seu negócio se valendo de recursos do qual ele possui controle. Embora os princípios básicos do marketing ainda se apliquem, marketing digital não é apenas mais um canal de divulgação em massa. Pelo contrário, é uma abordagem dinâmica que oferece uma compreensão única do comportamento do consumidor.

O que NÃO é Marketing Digital?

Para entender o que são técnicas de marketing digital, é mais fácil classificar o que não constitui marketing digital. Canais de marketing tradicionais, como imprensa, rádio, televisão e outdoors não fazem parte do marketing digital. Estes canais têm sido bem sucedidos e ainda são muito poderosos, mas eles não são tão eficientes quando se precisa identificar o seu consumidor. Acredito que os canais tradicionais de marketing sofrem de pelo menos uma grande limitação. A forma de comunicação não permite um retorno em tempo real. Infelizmente, os canais tradicionais de marketing tem grande restrição ao diálogo entre quem vende e quem compra. A rápida explosão da Internet e das redes sociais fez com que a comunicação “em tempo real” seja uma realidade.

Canais de Marketing Digital

Num sentido mais amplo, a Internet é o coração do marketing digital. A Internet oferece várias aplicações, tais como sites, e-mail, redes sociais e vídeos que podem ser aproveitados pelos proprietários de sites que pretendem lançar seus produtos. O crescimento explosivo na utilização de smartphones e tablets fez emergir um novo canal de marketing, os dispositivos móveis.

E por último mas não menos importante, as mídias sociais tem se mostrado grandes motivadoras do marketing digital. Embora a principal motivação para as redes sociais seja, sem dúvida, a interação entre pessoas, as principais redes sociais como o Facebook e o Twitter se transformaram em valiosos instrumentos de identificação e contato com consumidores.