Aplicando a metodologia PDCA no Marketing Digital

Aplicando a metodologia PDCA no Marketing Digital

Compartilhe este conteúdo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Plan-Do-Check-Ajuste (PDCA) faz parte do princípio administrativo conhecido como kaizen, que significa melhoria contínua, princípio perfeitamente aplicável ao marketing digital.
Exemplo de campanha
Um fabricante de equipamentos quer apresentar para seus clientes seu novo sistema. Seu objetivo é trabalhar uma clientela antiga que já não compra há muito tempo. A ideia é conseguir marcar uma reunião com um consultor para uma apresentação formal. Normalmente é mais eficiente e mais barato trabalhar a própria base de cliente do que abrir novos clientes.
Podemos começar com uma campanha de e-mail que gradualmente vai apresentá-los ao novo sistema. Neste e-mail deve contar com: depoimentos, vídeos de demonstração, imagens de clientes satisfeitos e um demostrativo com ganhos econômicos que o sistema proporciona. Cada e-mail enviado contará com um botão de conversão que lhe dará a chance de entrar em contato com a equipe de venda.
Plano:
Identificar os cliente através de discussões com a equipe de vendas.
Separá-los por características comerciais e região geográfica.
Criar uma lista de ativos digitais, isto é, identificar o conteúdo existente que pode ser reaproveitado ou atualizado. Testemunhos, Elogios, Vídeos de clientes satisfeitos entre outros para preencher . Separá-los para qualificá-los. O novo conteúdo será criado a partir do zero.
Criar conteúdo sedutor com informações relevantes capaz de criar o funil de vendas.
Desenhar a página de destino (land page) de conversão.
A página e destino deve conter o algorítimo do Google Analytics para pode ser monitorada
Fazer
Criar uma campanha de apresentação por e-mail para uma lista específica de assinantes opt-in
Cria uma campanha de Link Patrocinado para atender cada região identificada que convida os clientes para para baixar o conteúdo identificado.
Criar páginas de destino para capturar os leads de cada e-mail .
Teste A / B – Para o caso de se criar duas páginas com o objetivo de verificar qual possui melhor taxa de conversão.
Criar apelo gráficos, isto é, banners em sites, blogs e redes sociais apontando para as páginas de destino.
Datar e lançar a campanha.
Verifica:
Monitora de tráfego das páginas de destino, conferir e relacionar a as visitas x conversões . Levantar as taxas de aberturas do e-mail e confrontá-las com a taxa de conversão do e-mail para a página de destino. Conferir os CTRs das campanhas de link patrocinado. Verificar a taxa de e-mails que não receberam a campanha. Verificar a lista de e-mail que pediram para serem excluídos da lista.
Ajuste:
Identificar campanhas que não estão com um bom desempenho. Corrigir e apurar a lista de e-mail e entrar em contato ativo com os clientes que não converteram para apurar o que pode ter acontecido para não converterem.
Ao executar uma campanha de marketing digital tenha em mente que esse processo é contínuo que terá um investimento em tempo e capricho. A dedicação ao cliente também é muito importante. Assim que o cliente passa do mundo virtual para o atendimento no mundo real você deve garantir que este atendimento seja surpreendente. Caso contrário o seu resultado não virá.

Se inscreva na nossa Newsletter

Fique por dentro de assuntos relacionados a Marca, Comunicação e Vendas

Navegue por outros temas e saiba mais

Veja agora outros posts que podem lhe interessar

Como escolher um produto para e-commerce
E-commerce

Como escolher um produto para vender online

Para muitos que estão planejando iniciar um negócio online e mais especificamente um e-commerce, o aspecto mais difícil de começar é por decidir quais produtos

Quer impulsionar a sua marca?

Fale Conosco