Tráfego pago ou tráfego orgânico?

Tráfego pago ou tráfego orgânico?

Uma pergunta comum de ouvirmos aqui na agência é:  O que é melhor para minha empresa, tráfego pago ou tráfego orgânico? A resposta é: os dois! Tráfego pago e tráfego orgânico são importantes e juntos geram tráfego de qualidade e devem co-existir na estratégia de marketing digital.

Vamos começar  por entender a importância do marketing de busca compreendendo a diferença para o marketing de interrupção também na web e do marketing de exposição na mídia off line.

Nas mídias off line –  rádio,  televisão, revistas, jornais –   as campanhas publicitárias são consideradas marketing de exposição de marcas, produtos e serviços.  A campanha não tem o poder de fazer você parar o que está fazendo para adquirir um produto ou serviço. Até há campanhas mais incisivas que motivam o cliente a tomar uma ação imediata como fazer uma ligação ou inscrição em um site. Mas o normal é a marca se apresentar, oferecer um serviço ou produto.

O marketing de interrupção na web é reconhecido nas campanhas publicitárias em sites e redes sociais. O cliente é alcançado por campanhas por vídeos ou imagens, algumas vezes complementadas por textos. E tem o objetivo de chamar sua atenção, interromper sua navegação e fazer com que você clique e seja direcionado para uma página onde será oferecido um produto ou serviço com objetivo de conversão.

O  marketing de busca na web é quando o cliente procura por um produto ou serviço. Perceba que a diferença agora é que a empresa não precisa se expor para o cliente quando este, o cliente, não está prestando atenção, e sim quando o cliente está procurando por uma empresa. O marketing de busca é o “aparecer para o cliente num momento de decisão. No marketing de busca pode ter várias fases do cliente. A fase de exploração, em que ele está se informando sobre o assunto, a fase de consideração em que está procurando variações de produtos e serviços, e a fase de decisão em que ele já sabe o que quer e vai decidir onde, com quem fechar negócio.

Percebe a diferença?

Veja o exemplo abaixo:

Neste caso o cliente já sabe o que quer:  procura por “curso de mergulho para iniciantes em BH”  não é um curso qualquer, é de mergulho, é para iniciantes e precisa ser em BH.

Até aqui concordamos que aparecer no resultado de busca é importante para atrair tráfego qualificado para o site. Há duas maneiras: tráfego pago e tráfego orgânico. Então vamos entender esses dois pontos e a importância para o Marketing de Mecanismos de Buscas.

 Tráfego de Qualidade

No tráfego orgânico os visitantes chegam até o seu site, por pesquisa no buscador e encontram seu site em alguma página no Google. Se tiver na primeira página maior chance de ser encontrado, entre a segunda e quarta página, pouco provável, mas pode acontecer. A partir da quarta página, bem poucas chances, é como se não estivesse. O comportamento do consumidor no Google é de trocar de palavra-chave e não de mudar de página. Então, trabalhe para ter mais de um termo como páginas de entrada em seu site.

 

Tráfego Pago

Já no modelo pago, link patrocinado,  você precisa investir uma verba para atrair as pessoas.  E para atrair público qualificado para seu site é preciso que sua campanha alcance determinados índices, e isso significa para o Google Ads: CTR a partir de 4%, palavras-chave com índices de qualidade a partir de 7/10, métricas competitivas que tendem a 100% em relação a pesquisa de termos e participação de mercado e métricas competitivas que tendem a 0% em relação a parcela de impressão perdida.

 

E como conquistar tráfego orgânico?  

Com técnicas de otimização de sites que visam conseguir a maior exposição possível, na área de busca orgânica das páginas de respostas dos mecanismos de busca do Google, ou de outro buscador. Para potencializar isso, é importante produzir os conteúdos com muita atenção às práticas de SEO como a escolha de palavras-chaves relacionadas à área de atuação da empresa e ao mesmo tempo ao hábito de busca do consumidor, não vá usar jargão interno.

Um site precisa ser  a representação digital da empresa no mercado. O cliente precisa se reconhecer e se sentir instigado a navegar e voltar outras vezes ao site. Um site que a arquitetura de informação cubra os principais termos de pesquisa e que privilegia o contato com o cliente. Um site com blog de linha editorial clara possibilita criar novas portas de entrada a partir dos buscadores.

Veja no exemplo o resultado orgânico para a mesma busca feita no exemplo anterior:

Se você alcança um bom posicionamento no Google, e isso significa a primeira página de resultado, é sinal que você investiu trabalho, atenção e dedicação no desenvolvimento do seu site. A plataforma do site é moderna, com tecnologia atualizada e com responsividade.  A hospedagem do site deve garantir que o site tenha velocidade na abertura e constante estabilidade, que fará que seu site sempre responda ao cliente e de forma rápida.

As páginas de serviço bem categorizadas, com informações relevantes ao cliente, com uso de palavra-chave principal e seus sinônimos, descrição de cada página, clara e objetiva,  há opção de conversão ao cliente, como formulário de contato, talvez um telefone ou o plugin do WhatsApp para agilizar o atendimento. E um blog em que você trabalhe o conteúdo com regularidade, para criar novas portas de entrada para seu site. Conteúdo novo, regular e com possibilidade de otimização.

Um site bem otimizado vai responder demandas do seu cliente nas 24 horas do dia.  Um site pode ser otimizado para diversas palavras-chave mas dificilmente será otimizado para todos os termos e variações que diversos clientes são capazes de gerar. Há também horários de maior volume de busca e nessas horas você não quer correr o risco de ficar de fora, perder a oportunidade de aparecer para determinadas palavras-chaves. O que você faz? Link Patrocinado, mas atenção às métricas de qualidade de campanha, que além de levar tráfego qualificado para o site, poderão reduzir o custo por clique e melhorar o posicionamento do anúncio no resultado de busca.

Então, sua empresa está preparada para aparecer na primeira página do Google quando seu potencial cliente procura por serviço ou produto?

Tráfego Pago e Tráfego orgânico

Este processo de tráfego orgânico – que é resultado da otimização do site (SEO – Search Engine Optimization)- mais tráfego pago –  que recebe o nome de PPC (Pay per click) – resulta no Marketing de Mecanismos de Buscas, mas conhecido como SEM (Search Engine Marketing).

Um boa estratégia de marketing digital não exclui táticas e sim integra ações: mecanismo de busca, e-mail marketing, redes sociais etc.

Então, ficou mais claro agora? Bom se ainda ficou alguma dúvida manda um comentário.

Precisa melhorar a otimização do seu site: Consultoria de SEO.

Precisa anunciar no Google Ads: conte com o Nautilos para aumentar as suas vendas.