Minha experiência com o e-commerce

Minha experiência com o e-commerceTratarei aqui em primeira pessoa, pois passei por isso e sei o quanto foi complicado ter que trabalhar com uma área que demanda muito de você.

Para resumir: criei um site; tinha produtos; era uma plataforma razoável; tinha uma página no facebook; tinha um instagram comercial da loja; tinha um e-mail para contato. Acreditei que era apenas isso, ter os produtos para vender que a maioria das coisas iriam se resolvendo sozinhas, ou quase.

O site que foi construído era possível ser visto no celular, apesar dele não ter a otimização e responsividade da forma como eu gostaria e da forma que sei que poderia ter tido, ele estava lá. Contudo o retorno dele estava sendo muito pequeno, não sabia exatamente o que era, posteriormente descobri que um dos motivos era porque eu não mantinha um investimento do marketing digital na minha empresa.

A forma como eu lidava com o público nas redes sociais, criar conteúdos e novidades para ter um retorno, isso não existia. O engajamento nas redes sociais, tão importante, foi deixado de lado e isso foi algo que me prejudicou muito. Manter uma rotina e um comprometimento com o e-mail marketing, criação de conteúdo, revisão do SEO sempre que possível também foram esquecidos.

Executar todos esses pontos, se você é como eu fui, é uma tarefa complexa que demanda muito tempo. Eu tinha produtos artesanais, então eu tinha que produzi-los e ainda queria estar na internet, mas eu precisava de tempo para produzir da mesma forma que precisava de tempo para fazer todo o resto. Eu precisava ter uma prioridade e acabei optando por confeccionar os produtos, mesmo não percebendo que eu estava gerando outro problema para mim mesma: não teria como eu vender produtos se eu não estava investindo no site onde eles seriam vendidos.

Acabei percebendo que foram desde erros de planejamento até não entender os motivos de se investir em marketing digital que foram me fazendo desistir do site, das redes sociais e por fim da produção do produto. Já que eu não estava tendo retorno, não havia motivos para continuar tendo uma empresa.

Por fim acabei largando uma coisa que poderia me trazer frutos por motivos dê: não tive tempo para conciliar tudo. E tudo isso se resume á: eu poderia ter investido mais em marketing digital.