Marketing digital ou marketing tradicional: Tem diferença?

Marketing digital ou marketing tradicional: Tem diferença?

Compartilhe este conteúdo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Na verdade sim, tem diferenças bem pontuais, capaz de gerar algumas dúvidas. Hoje o  marketing tradicional ficou um pouco distante da realidade da maioria das pequenas e médias empresas. Talvez o varejo PME ainda se valha deste recurso, mas em geral as PMEs estão apostando mais seus recurso nos meios digitais. Vamos ver a diferença entre os dois e aí você decide qual usar?

 

O que é marketing digital?

Simplificando, o marketing digital são os conceitos do marketing adequados ao comportamento digital. Fica ancorado nos canais digitais, como sites e mídias sociais.

 

O que é marketing tradicional?

O marketing tradicional, por outro lado, envolve canais tradicionais, como TV, rádio, outdoors e mídia impressa.

 

Até bem pouco tempo, o marketing tradicional reinou praticamente absoluto nas campanhas de todo tipo de produto ou serviço. Tem pouco mais de 10 anos que ficou evidente a necessidade de uma planejamento de marketing multicanal, isto é, que considera o tradicional e o digital.

A principal diferença está no meio, e vale ressaltar que o marketing digital sofre influência direta da atualização tecnológica. A evolução tecnológica e suas novas possibilidades costumam alterar o comportamento e toda mudança de comportamento deve ser considerada no planejamento das novas campanhas digitais.

É claro que o marketing tradicional não perdeu sentido e muito menos ficou obsoleto. O marketing tradicional ainda desempenha um papel importante na vida das pessoas. O material físico é mais “real” para o cérebro, criando significado. O físico tem a vantagem de se conectar à memória. A experiência imersiva que causa o marketing tradicional é notada quando nos percebemos, de alguma forma, apegados a determinados comerciais. Bora relembrar:

  • Bombril;
  • Tio sukita;
  • O primeiro sutiã não se esquece;
  • Danoninho vale por um bifinho;
  • Compre batom, seu filho merece batom.

 

E tantos outros, né?

De outra forma o marketing digital é poderoso. Você mesmo já deve ter sido influenciado pela divulgação digital. O digital tem a missão de apresentar o produto ou serviço no tempo certo da já tão falada jornada do consumidor. Repare que você, ou fez um pesquisa no Google, ou se interessou pelo produto de uma influencer, foi “seguido” por uma campanha de remarketing ou mesmo se assustou quando após uma conversa despretensiosa próxima ao seu celular lhe aparece uma anuncie correspondente. Sim já vivemos a pesquisa por voz. Isso porque a  Internet é nosso portal para o mundo e ficamos muitas horas conectados e na maioria das vezes nos expondo, realizando os mais diversos tipos de cadastros e permitindo o rastreios do também já famosos cookies. O marketing digital usa tudo isso a seu favor inserindo comunicação em todos os canais possíveis para te impactar.

Então, que tipo de marketing é melhor?

Podendo e com recurso financeiro, a chave para uma boa campanha de marketing é encontrar o equilíbrio certo entre o tradicional e o digital, isso porque ambos desempenham  papel importante em uma estratégia de marketing. O problema é que o marketing com mídia tradicional tem custos elevados ficando mais distantes da realidade das pequenas e médias empresas.

Por isso reconhecemos ambos, mas somos apaixonados por marketing digital. Somos digitais desde o início, o Nautilos tem sua origem nas tecnologias para SEO e mídia paga no Google.

Concluindo, os dois tipos de marketing possuem pontos contras e a favor e já sabemos que o melhor a se fazer é entender suas necessidades específicas de marketing, considerando seu orçamento e principalmente entendendo seu público-alvo.

Para ilustrar arrisco dizer que provavelmente o marketing tradicional tenho melhor aceitação pela geração Baby Boomer e pela Geração X , que são pessoas que ainda cultivam o hábito de assistir TV e ler jornal (meu pai compra jornal ao domingos, acredita?). Já o digital é mais abrangente e pode atender bem a todas gerações, digo isso porque minha sogra que tem a mesma idade que meu pai, tem presença nas redes sociais, inclusive no twitter, essa é super antenada e não tem medo de comprar online.

Moral da história: tanto o marketing digital quanto o tradicional funciona bem. Respeite seu orçamento, entenda com quem está falando, saiba o que seu público deseja, tudo ficará bem.

 

Se puder fique em casa, cuide-se. Até a próxima. 

Paulo Canarim

Se inscreva na nossa Newsletter

Fique por dentro de assuntos relacionados a Marca, Comunicação e Vendas

Veja agora outros posts que podem lhe interessar

Você está preparado para negócios digitais?
Branding

Você está preparado para negócios digitais?

Negócios digitais, você está preparado? Desde que começamos a escrever esta newsletter, eu e o Paulo, tivemos como objetivo traçar um paralelo entre negócios e

Como fazer o preço do meu curso online?
Gestão e Estratégia

Como fazer o preço do meu curso online?

Na semana passada um cliente me procurou para saber como formar o preço dos curso online que está planejando publicar em Setembro. Tivemos duas reuniões

Navegue por outros temas e saiba mais

Somos Parceiros Estratégicos de nossos Clientes

O que podemos fazer por você?

Anunciar no Google Ads

Auditoria e Consultoria e Planejamento.

Criação de sites

Tenha um site otimizado e personalizado com WordPress.

Curso Online E-commerce

E-commerce profissional em vídeo aulas.

Quer impulsionar a sua marca?

Fale Conosco