Crença limitante: o impulso é um mal conselheiro

crença limitante: O impulso é um mal conselheiro

Compartilhe este conteúdo:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Tá certo, vivemos um momento atípico, praticamente único e mundial. De certo que ninguém sabe o que fazer, ou sobre como ficará nossas vidas nos próximos meses. Mas podemos considerar duas certezas possíveis, vai passar e qualquer decisão intempestiva trará consequências que podem não ser ideais. Por isso, devemos administrar nossos impulsos principalmente os regidos por emoções repentinas. Seguindo essa linha sugiro uma reflexão sobre o que nos impede de ir adiante.

Preconceitos

Preconceitos são valores que adquirimos quando ainda criança, sem os critérios para avaliar se eles eram úteis para nós ou não. Mensagens do tipo “dinheiro não traz felicidade”, “isso não é pra você”, “Guardar para que?” “Quem sabe o dia de amanhã?” “não posso”, “isso não é possível”, “não sou bom e …” ou generalizações como “todos os X são Y” são exemplos das já famosas crenças limitantes. O dicionário define uma crença como “uma aceitação de que algo existe ou é verdadeiro, especialmente sem prova”. Eles podem ser limitantes quando interrompem nosso desenvolvimento ou crescimento, ou quando estão em conflito com nossos valores.

Como identificar uma crença limitante?

Pense em qualquer crença que lhe vier à mente e verá que nem todas são negativas. Algumas delas serão muito úteis e serão a base de nossa educação (“olhe antes de atravessar a rua”, “diga por favor quando pedir alguma coisa”). Outros podem não ser tão saudáveis: “os homens não choram”, “é impossível encontrar um bom emprego hoje em dia ”. Mas será que ainda são válidos na nossa vida adulta? 

Proponho uma atividade simples: pegue uma caneta e um papel e escreva o que vier a sua cabeça para concluir as frases abaixo. Procure não se preocupar em pensar nas respostas, apenas escreva o que vier à sua mente. 

  • Eu sou…
  • Mulheres  são …
  • Homens são…
  • Eu não posso …
  • Eu tenho que…
  • Trabalho é…

É comum estranhar algumas de suas respostas, mas não se preocupe, isso acontece com todo mundo que faz esse exercício! A boa notícia é que, embora algumas crenças limitantes possam estar profundamente arraigadas, identificá-las é o primeiro passo para mudar.

 Como posso me livrar de uma crença limitante?

Responda as perguntas escrevendo-as em uma folha de papel

  • O que eu ganho quando sigo essa crença?
  • Que impacto isso tem na minha vida?
  • Em que realmente eu acredito?

Com posso substituir essa crença?

Um exercício bem legal é anotar suas crenças limitantes em post-its, riscá-las e escrever a nova crença que você deseja. Por exemplo, “Eu nunca fui um bom aluno”, podemos substituir por “Eu tenho as habilidades necessárias para aprender o que eu quiser”. Depois de colocar suas novas crenças nos post-its, coloque-as em um local visível em casa ou no carro, onde você poderá vê-las todos os dias.

Outra coisa a ser feita é: converse sobre isso com pessoas próximas a você.  Explique a eles as crenças limitantes que você identificou, e como pretende mudá-las. Assim seus amigos poderão lhe dizer se notaram alguma mudança em você. Já reparou que alguns de seus amigos têm uma percepção sobre você mais clara e por vezes bem distinta do que você imagina sobre si mesmo? Pois é…

Bom, esses são pontos importantes para serem refletidos neste momento de tantas incertezas. Torne-se uma pessoa segura e confiante e verá que as incertezas serão menos assustadores. Lembrando que ter empatia (uma das cinco características da Inteligência Emocional) vai lhe ajudar a identificar e entender os sentimentos daqueles que te cercam. Os americanos costumam dizer “vista o sapato do outro” colocando-se no lugar dele você terá a chance de ser mais justo.

Torne-se uma pessoa segura, experimente compartilhar esse conhecimento com outra pessoa, assim teremos um impacto positivo sobre esse momento ainda tão incerto.

É como dizia o profeta, gentileza gera gentileza. 

Abraços e até a próxima semana

 

Se inscreva na nossa Newsletter

Fique por dentro de assuntos relacionados a Marca, Comunicação e Vendas

Veja agora outros posts que podem lhe interessar

Um novo tempo Blog Paulo Canarim
Gestão e Estratégia

Um novo tempo

“No novo tempo Apesar dos castigos Estamos crescidos Estamos atentos Estamos mais vivos Pra nos socorrer”   Estamos vivendo um momento único uma crise sem

Construir valor de marca é importante?
Branding

Construir valor de marca é importante?

Construir valor de marca é o nosso tema de hoje, já conversamos aqui sobre marca afetiva, nesse tempo de quarentena em que precisamos comprar de

Navegue por outros temas e saiba mais

Somos Parceiros Estratégicos de nossos Clientes

O que podemos fazer por você?

Anunciar no Google Ads

Auditoria e Consultoria e Planejamento.

Criação de sites

Tenha um site otimizado e personalizado com WordPress.

Curso Online E-commerce

E-commerce profissional em vídeo aulas.

Quer impulsionar a sua marca?

Fale Conosco